Cuidados com a pele
do incontinente.

O que é e para que serve a pele?

A pele é o maior órgão do corpo humano e suas funções são muitas. Ela é responsável por dar forma ao corpo, proteger os músculos e órgãos internos, equilibrar a temperatura corporal, proteger o organismo de infecções externas causadas por fungos, bactérias e vírus, evitar a penetração dos raios ultravioleta, estabelecer relações sensoriais com o meio ambiente e ser o reflexo de doenças sistêmicas.

Como a pele muda ao longo da vida?

A pele sofre muitas mudanças fisiológicas nas diferentes etapas da vida de uma pessoa. A pele normal é a que as crianças têm; nela existe um equilíbrio entre as secreções glandulares, por isso é tão lisa e se mostra tão sadia.

Na puberdade começam as primeiras mudanças, uma vez que o equilíbrio que antes existia é rompido principalmente pela ação dos hormônios. Na idade adulta acontece outra mudança importante: o envelhecimento fisiológico leva ao enfraquecimento das camadas da pele, favorecendo o surgimento de problemas como lacerações, dermatite, escaras, entre outras.

Por que é importante prevenir problemas na pele?

A prevenção é a melhor  quando estamos diante de uma pessoa idosa que precisa de nossos cuidados. Assim, é mais fácil evitar possíveis complicações difíceis de solucionar e extremamente dispendiosas. As pessoas que sofrem de incontinência urinária correm um maior risco de sofrer irritações, ulcerações e infecções da pele.

Como cuidar da pele de uma pessoa incontinente?

Nesses casos, higiene e conforto devem ser prioridade para evitar situações desagradáveis, causadas por mau cheiro e umidade, e dolorosas, como feridas e assaduras. Utilizar produtos absorventes eficientes, nos tamanhos adequados e feitos de materiais de qualidade, são uma ótima maneira de cuidar da pele de uma pessoa incontinente. Além disso, manter a pele limpa e hidratada e seguir uma alimentação rica em fibras e hidratos de carbono são cuidados muito úteis.