Zelotril 50mg para Cães e Gatos Uso Veterinário com 12 Comprimidos

7896006200079_1
Zelotril 50mg para Cães e Gatos Uso Veterinário com 12 Comprimidos
Por: R$ 42,60
à vista
ComprarVendedor Araujo
+ Saiba Mais

Veja avaliações de quem já comprou

Característica

MarcaZelotril
PerfilCão, Gato
ApresentaçãoComprimidos

GRP_INTEGRACAO

Possui Venda PermitidaS
FabricanteAgener União
Informe Ministério Saúde 02-
Informe Ministério Saúde 04-
Informe Ministério Saúde 05-
Informe Ministério Saúde 08-
Informe Ministério Saúde 09-
Informe Ministério Saúde 01-
Informe Ministério Saúde 03-
Informe Ministério Saúde 06-
Informe Ministério Saúde 07-
Informe Ministério Saúde 10-

Saiba Mais

Saiba Mais

ZELOTRIL 50MG PARA CÃES E GATOS USO VETERINÁRIO

Antibacteriano de largo espectro para cães e gatos.

Indicações:
Preventivamente nas cirurgias e nas lesões traumáticas, gastroenterites infecciosas primárias ou secindárias, piodermites, otites, infecções genitourinárias e infecções respiratórias.

Precauções:
A enrofloxacina, assim como as demais quinolonas, deve ser utilizada com cautela em animais com alterações prévias do sistema nervoso central. Nestes casos, raramente pode ocorrer estimulação, resultando em convulsões.

Característica

MarcaZelotril
PerfilCão, Gato
ApresentaçãoComprimidos

GRP_INTEGRACAO

Possui Venda PermitidaS
FabricanteAgener União
Informe Ministério Saúde 02-
Informe Ministério Saúde 04-
Informe Ministério Saúde 05-
Informe Ministério Saúde 08-
Informe Ministério Saúde 09-
Informe Ministério Saúde 01-
Informe Ministério Saúde 03-
Informe Ministério Saúde 06-
Informe Ministério Saúde 07-
Informe Ministério Saúde 10-

Saiba Mais

Saiba Mais

ZELOTRIL 50MG PARA CÃES E GATOS USO VETERINÁRIO

Antibacteriano de largo espectro para cães e gatos.

Indicações:
Preventivamente nas cirurgias e nas lesões traumáticas, gastroenterites infecciosas primárias ou secindárias, piodermites, otites, infecções genitourinárias e infecções respiratórias.

Precauções:
A enrofloxacina, assim como as demais quinolonas, deve ser utilizada com cautela em animais com alterações prévias do sistema nervoso central. Nestes casos, raramente pode ocorrer estimulação, resultando em convulsões.