0
Sua cesta

Sua cesta está vazia

0
Sua cesta

Sua cesta está vazia

Venda exclusiva para retirada
Genotropin Go Quick 12mg Injetável 1 Caneta Preechida com 12mg (36UI) + 1ml de Diluente
SOMATROPINA 12.0MG/1.0ML
Fabricante: Pfizer
RMS: 1.2110.0459.008-6

Genotropin Go Quick 12mg Injetável 1 Caneta Preechida com 12mg (36UI) + 1ml de Diluente

SOMATROPINA

Genotropin com 1 Caneta Preenchida Go Quick 12mg Genotropin com 1 Caneta Preenchida Go Quick 12mg

Vendido e Entregue por Drogaria Araujo Selo de Vendedor Verificado
Marca: Genotropin
R$2.219,52 R$804,99 Economize R$ 1.414,53

ou 6x de R$ 134,17 s/ juros

Mais formas de pagamento

Mais formas de pagamento

×

Cartão de crédito

Pix

Condições de parcelamento

1x de R$ 804,99 sem juros

R$ 804,99

2x de R$ 402,50 sem juros

R$ 804,99

3x de R$ 268,33 sem juros

R$ 804,99

4x de R$ 201,25 sem juros

R$ 804,99

5x de R$ 161,00 sem juros

R$ 804,99

6x de R$ 134,17 sem juros

R$ 804,99

R$ 804,99

O pagamento é instantâneo e só pode ser à vista. Na etapa de finalização da compra, a gente explica o passo a passo para pagar com o Pix.

Este produto não pode ser vendido pela internet. Você pode comprá-lo em uma de nossas lojas, de acordo com a disponibilidade de estoque de cada loja.

MANTER SOB REFRIGERAÇÃO CONFORME RECOMENDAÇÃO DO FABRICANTE.

NÃO EFETUAMOS TROCA.

"VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA. SÓ PODE SER VENDIDO COM RETENÇÃO DA RECEITA."

Encontre a loja mais próxima de você
Infelizmente não conseguimos encontrar um endereço para este CEP. Por favor tente outro CEP ou tente novamente mais tarde.

Referência: 74578

Informações do Produto

O que é Genotropin:

O medicamento Genotropin é um hormônio que age no metabolismo de lípides (gorduras do sangue), carboidratos e proteínas. Genotropin estimula o crescimento e aumenta a velocidade de crescimento em crianças que têm deficiência de hormônio de crescimento (GH) endógeno (produzido pelo organismo).

A composição deste medicamento é apresentada em caneta Aplicadora, pó liofilizado para solução injetável, em embalagem com 1 caneta aplicadora contendo 1 frasco-ampola de duplo compartimento de 12 mg (36 UI) + 1 mL de diluente.

Para que serve Genotropin 12mg:

Genotropin (somatropina) serve como tratamento de longo prazo em crianças com distúrbios de crescimento devido às seguintes condições:

  • Secreção insuficiente do hormônio de crescimento;
  • Síndrome de Turner (doença genética que só acomete mulheres);
  • Crianças nascidas pequenas para a idade gestacional que não recuperaram a altura nos primeiros quatro anos de vida;
  • Síndrome de Prader-Willi (doença genética que acomete ambos os sexos).
  • Genotropin é indicado no tratamento de baixa estatura idiopática (sem causa identificada).

Genotropin também é indicado na terapia de reposição em adultos com deficiência de hormônio de crescimento.

Em adultos, assim como em crianças, o Genotropin mantém a composição corpórea normal através do estímulo do crescimento dos músculos e ossos e distribuição da gordura corpórea. A gordura dos órgãos é bastante responsiva ao GH. Além do aumento da quebra das gorduras, o Genotropin diminui os estoques de gordura corporal.

Contra indicação Genotropin 12mg (36UI):

Veja a seguir os casos onde o medicamento Genotropin é não é indicado:

Hipersensibilidade:

Genotropin é contraindicado a pacientes que apresentam hipersensibilidade (reação alérgica) à somatropina ou a qualquer componente da fórmula. As apresentações de 5 mg e 12 mg de pó liofilizado de Genotropin contém metacresol como um conservante. Foram notificadas reações de hipersensibilidade sistêmicas com o uso pós-comercialização de produtos com somatropina (componente ativo de Genotropin).

Atividade neoplásica

Genotropin é contraindicado na presença de malignidade ativa. Qualquer doença maligna preexistente deve estar inativa e o tratamento ter sido finalizado antes de instituir a terapia com Genotropin.

Genotropin deve ser descontinuado se houver evidência de atividade recorrente. Como a deficiência do hormônio de crescimento pode ser um sinal precoce da presença de um tumor hipofisário (ou, raramente, de outros tumores cerebrais), a presença de tais tumores deve ser descartada antes do início do tratamento.

Genotropin não deve ser utilizado em pacientes com qualquer evidência de progressão ou recorrência de um tumor intracraniano subjacente.

Doença crítica aguda

Genotropin é contraindicado a pacientes aguda e criticamente doentes por complicações após a cirurgia cardíaca (do coração), cirurgia abdominal, trauma acidental múltiplo ou insuficiência respiratória aguda (diminuição aguda da respiração).

Epífise consolidada (fechada)

Genotropin não deve ser usado para promover o crescimento em crianças com epífises (áreas de crescimento dos ossos) fechadas.

Retinopatia diabética

Genotropin é contraindicado a pacientes com retinopatia diabética (doença da retina causada por diabetes) proliferativa ativa ou não proliferativa grave.

Síndrome de Prader-Willi em crianças

Genotropin é contraindicado a pacientes com síndrome de Prader-Willi gravemente obesos, com história de obstrução das vias aéreas superiores, apneia do sono, ou com comprometimento respiratório grave. Houve relatos de morte súbita quando Genotropin foi usado em tais pacientes.

Posologia do Genotropin: Como usar e aplicar

  • Genotropin Caneta Aplicadora é uma caneta aplicadora preenchida, que contém em seu interior o frasco-ampola do medicamento Genotropin.
  • Em Genotropin Caneta Aplicadora, a solução é preparada de modo que o diluente seja misturado automaticamente com a substância ativa, no próprio frasco-ampola de duplo compartimento.
  • Dissolver o pó através de movimentos giratórios lentos e suaves.
  • A solução não deve ser agitada vigorosamente, pois poderá haver desnaturação (perda do efeito) da substância ativa.
  • Quando se utilizar Genotropin Caneta Aplicadora, a agulha deve ser colocada antes da reconstituição (mistura do pó com o diluente). Utilize uma nova agulha antes de cada injeção. As agulhas não devem ser reutilizadas.
  • Leia atentamente as Instruções de Uso de Genotropin Caneta Aplicadora. Você deve utilizar a caneta aplicadora conforme descrito nas Instruções de Uso.
  • A dose e o esquema de administração devem ser individualizados e estabelecidos somente pelo médico. A dose semanal de Genotropin deve ser dividida em 6-7 injeções subcutâneas devendo-se variar o local de aplicação para evitar a ocorrência de lipoatrofia (diminuição da gordura corporal localizada).

Doses recomendadas para crianças

Deficiência do hormônio de crescimento em crianças¹:

  • mg/kg de peso corpóreo/dia - 0,025 - 0,035
  • UI/kg de peso corpóreo/dia - 0,07 - 0,10
  • mg/m2 área da superfície corpórea/dia - 0,7 - 1,0
  • UI/m2 área da superfície corpórea/dia - 2,1 - 3,0

Síndrome de Turner:

  • mg/kg de peso corpóreo/dia - 0,045 - 0,050
  • UI/kg de peso corpóreo/dia - 0,14
  • mg/m2 área da superfície corpórea/dia - 1,4
  • UI/m2 área da superfície corpórea/dia - 4,3

Síndrome de Prader-Willi²:

  • mg/kg de peso corpóreo/dia - 0,035
  • UI/kg de peso corpóreo/dia - 0,10
  • mg/m2 área da superfície corpórea/dia - 1,0
  • UI/m2 área da superfície corpórea/dia - 3,0

Crianças nascidas pequenas para a idade gestacional³:

  • mg/kg de peso corpóreo/dia - 0,035
  • UI/kg de peso corpóreo/dia - 0,10
  • mg/m2 área da superfície corpórea/dia - 1,0
  • UI/m2 área da superfície corpórea/dia - 3,0

Baixa estatura idiopática:

  • mg/kg de peso corpóreo/dia - Até 0,067
  • UI/kg de peso corpóreo/dia - Até 0,2
  • mg/m2 área da superfície corpórea/dia - Até 2,0
  • UI/m2 área da superfície corpórea/dia - Até 6,0

¹ Doses maiores podem ser utilizadas.

² A dose diária não deve ultrapassar 2,7 mg. O tratamento não deve ser utilizado em crianças com velocidade de crescimento menor que 1 cm por ano e próximo ao fechamento das epífises (área de crescimento dos ossos).

Em pacientes com distúrbio de crescimento, o tratamento pode ser realizado até que a altura final seja atingida. O tempo de tratamento para melhora da composição corpórea deve ser avaliado pelo médico responsável pelo tratamento.

³ Esta dose geralmente é recomendada até se atingir a altura final. O tratamento deve ser descontinuado se a velocidade de crescimento for maior que 2 cm/ ano e, se a idade óssea for menor que 14 anos (meninas) ou menor que 16 anos (meninos), correspondendo ao fechamento das placas de crescimento epifisário.

Baixa estatura idiopática (sem causa identificada): iniciar o tratamento com 0,15 UI/kg/dia, ajustando a dose de acordo com a resposta clínica e com as concentrações de IGF-1 no sangue. A dosagem periódica do IGF-1 no sangue, durante o tratamento com Genotropin, é útil na avaliação da eficácia, segurança e da aderência à medicação, auxiliando no ajuste da melhor dose para cada paciente.

Doses recomendadas para pacientes adultos

Deficiência do hormônio de crescimento em adultos¹:

  • UI/dia dose inicial - 0,45 - 0,90
  • mg/dia dose inicial - 0,15 - 0,30
  • UI/dia dose de manutenção que raramente excede - 4
  • mg/dia dose de manutenção que raramente excede - 1,33

¹ A dose deve ser aumentada gradualmente de acordo com as necessidades individuais do paciente, conforme determinado pela concentração de IGF-I (substância produzida por estímulo do GH - hormônio do crescimento).

O objetivo do tratamento deve ser atingir concentrações de IGF-I dentro de 2 DP (desvios padrão) a partir da média corrigida pela idade. Pacientes com concentrações normais de IGF-I no início do tratamento devem receber Genotropin até atingir, no máximo, um nível normal de IGF-I, não excedendo 2 DP.

A resposta clínica e os efeitos colaterais podem ser utilizados como parâmetros de determinação da dose. A dose diária de manutenção raramente excede 1,0 mg ao dia.

Mulheres podem necessitar de doses maiores que os homens, sendo que os homens têm demonstrado aumento da sensibilidade ao IGF-I no decorrer do tempo. Isto significa que existe o risco de as mulheres, especialmente as que tomam o tratamento de reposição de estrogênio oral (hormônio sexual feminino), estarem sub-tratadas, enquanto que há o risco dos homens serem super tratados.

A exatidão da dose de Genotropin deve ser controlada, portanto, a cada 6 meses. As doses podem ser reduzidas visto que a produção fisiológica normal do hormônio de crescimento diminui com a idade. Deve ser utilizada a menor dose efetiva.

Uso em pacientes idosos

A segurança e eficácia de Genotropin em pacientes com 60 anos ou mais não foram avaliadas em estudos clínicos.

Pacientes idosos podem ser mais sensíveis à ação de Genotropin e ser mais propensos a desenvolver reações adversas.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Sobre o sistema Caneta Aplicadora

  • Caneta Aplicadora é uma caneta injetora descartável, de múltiplas doses, preenchida, que contém 12mg de Genotropin (somatropina).
  • O medicamento que está contido no frasco-ampola de duplo compartimento dentro da caneta aplicadora Genotropin Caneta Aplicadora é misturado somente uma vez, quando você inicia uma caneta nova. Cada caneta pode ser utilizada por até 28 dias após a mistura do medicamento Genotropin. Você nunca precisará trocar os frascos-ampola de duplo compartimento. Quando a sua caneta estiver vazia, simplesmente comece uma nova caneta.
  • A caneta possui uma memória de dose. A dose é ajustada uma vez na nova caneta. A caneta então fornece a mesma dose para cada injeção. Você pode usar a caneta com ou sem o protetor da agulha, que é opcional.

Antes de você usar Genotropin Caneta Aplicadora

  • Peça orientação de seu médico ou profissional de saúde.
  • Conheça sua dose.
  • Conheça as partes da caneta.
  • Verifique se você tem a caneta com o botão de injeção roxo.
  • Lave as mãos.

Passo 1. Fixe a agulha

  1. Puxe a tampa branca da caneta para fora da caneta.
  2. Retire o lacre de uma agulha nova.
  3. Segure firmemente o suporte do frasco-ampola.
  4. Pressione a agulha na ponta do suporte do frasco-ampola.
  5. Rosqueie suavemente a agulha na caneta. Não aperte demais.
  6. Deixe as duas tampas de agulha na agulha.

Passo 2. Misture Genotropin

  1. Segure a caneta com a agulha para cima e com a letra A voltada para você.
  2. Gire o suporte do frasco-ampola com firmeza na caneta até que a letra B clique no chanfro.
    - Balance a caneta suavemente de um lado para o outro. Não agite a caneta. A agitação pode danificar o hormônio de crescimento.
  3. Verifique se o líquido no frasco-ampola está límpido. Todo o pó deve estar dissolvido.
    - Caso contrário, balance a caneta suavemente de um lado para o outro mais algumas vezes.
  4. Verifique novamente se o líquido está límpido.
    - Se o líquido estiver límpido, passe para o Passo 3.
    - Se o líquido ainda estiver turvo ou você enxergar pó, use uma caneta nova.

Passo 3. Remova o ar

  1. Retire a tampa externa da agulha. Guarde-a para tampar a agulha novamente.
  2. Mantenha a tampa interna da agulha.
  3. Segure a caneta com a ponta da agulha para cima.
  4. Bata levemente no suporte do frasco-ampola para fazer com que o ar retido se mova para cima.
  5. Gire o suporte do frasco-ampola na caneta com firmeza até que a letra C clique no chanfro.
    - Um pouco de líquido pode aparecer em volta da tampa interna da agulha.

Passo 4. Fixe o protetor da agulha (opcional)

  1. Retire a tampa preta do protetor da agulha.
    - Se a cobertura da agulha escorregar para fora, empurre-a de volta no protetor da agulha até estalar.
  2. Segure a caneta em uma mão abaixo do logotipo roxo. Com a outra mão, segure o protetor da agulha abaixo da cobertura da agulha.
  3. Alinhe o logotipo preto do protetor da agulha com o logotipo roxo na caneta. Empurre com cuidado o protetor da agulha na caneta até encaixar.

Passo 5. Apronte a caneta

  1. Puxe a tampa interna da agulha. Jogue-a fora.
  2. Verifique se a janela de memória está ajustada em 0,3 mg.
  3. Gire o mostrador cinza na direção das setas até parar de estalar.
  4. Segure a caneta com a agulha apontada para cima.
  5. Empurre o botão de injeção roxo até aparecer líquido. Após a realização do “Passo 5”, ocorrerá o descarte de 0,3 mg do medicamento.
  6. Se não aparecer líquido no Passo “e”, repita os Passos “b”, “c”, “d” e “e” desta seção por até duas vezes.
  7. Se ainda não aparecer líquido, não use a caneta.
    - Veja a seção de Perguntas e Respostas a seguir para mais informações.
  8. Se você usar o protetor da agulha, pressione o botão preto para liberar a cobertura da agulha.

Passo 6. Ajuste a dose

- Use o anel preto para ajustar a dose. Tenha cuidado para não girar o mostrador cinza enquanto ajusta a dose.

  1. Segure o anel preto como mostrado na Figura 6.
  2. Gire o anel preto até sua dose, informada pelo seu médico, estar alinhada com o indicador branco.
  3. Se você ultrapassar o indicador branco, simplesmente gire o anel preto de volta para ajustar a dose correta.
  4. Uma vez ajustada não mude a dose, a não ser que o seu médico peça para fazê-lo.
    Nota: Se você não conseguir girar o anel preto, pressione o botão de injeção roxo até ele parar de estalar. Então continue ajustando a sua dose utilizando o anel preto (para mais informações, veja também a seção de Dúvidas Frequentes).

Passo 7. Prepare uma dose

  1. Gire o mostrador cinza na direção da seta até parar de estalar.
  2. A sua dose no bastão preto deve estar alinhada com o indicador branco.
  3. Verifique se a dose que você preparou no bastão preto é a mesma dose que você ajustou na janela de memória.
  4. Se as doses não coincidirem, verifique se você girou o mostrador cinza na direção da seta até não estalar mais.

Passo 8. Aplique a injeção

  1. Prepare um local para injeção conforme a orientação de seu médico ou profissional de saúde.
  2. Segure a caneta sobre o local de injeção.
  3. Pressione a caneta para baixo para inserir a agulha na pele.
  4. Usando o seu polegar, pressione o botão de injeção roxo até ele parar de estalar.
    - Conte por 5 segundos antes de retirar a agulha da pele.
    Mantenha o botão levemente pressionado com o seu polegar enquanto estiver contando.
  5. Retire a caneta diretamente da pele.

Passo 9. Remova a agulha, feche e guarde a sua caneta

Passo 9a: Com o protetor da agulha

a. Coloque a tampa externa da agulha na extremidade do protetor da agulha.

b. Use a tampa da agulha para pressionar o protetor da agulha até travar.

c. Use o protetor da agulha para desatarraxar a agulha e coloque a mesma em um recipiente apropriado para agulhas usadas.

d. Deixe o protetor da agulha na caneta.

e. Coloque a tampa preta no protetor da agulha. Guarde sua caneta no refrigerador.

Passo 9b: Sem o protetor da agulha

a. Não toque na agulha.

b. Tampe a agulha com a tampa externa, com cuidado.

c. Use a tampa da agulha para desatarraxar a agulha e coloque a mesma em um recipiente apropriado para agulhas usadas.

d. Coloque a tampa branca na caneta. Guarde a sua caneta no refrigerador.

Uso rotineiro de Genotropin Caneta Aplicadora

1. Puxe a tampa preta do protetor da agulha ou a tampa branca da caneta.

2. Coloque uma agulha nova.

  • Com o protetor da agulha:
    - Se a cobertura da agulha se soltar, empurre-a de volta ao lugar.
    - Coloque uma agulha nova na ponta do suporte do frascoampola.
  • Sem o protetor da agulha:
    - Coloque uma agulha nova na ponta do suporte do frascoampola.

3. Retire as duas tampas da agulha. Guarde a tampa externa da agulha.

4. Se você usa o protetor da agulha, pressione o botão de liberação preto para estender a cobertura da agulha.

5. Para preparar a dose, gire o mostrador cinza até parar de estalar.

6. Verifique se a dose preparada é a mesma ajustada na janela de memória.

  • Se a dose preparada é menor, a caneta não tem uma dose completa de Genotropin.
  • Siga a orientação de seu médico no caso da caneta não ter uma dose completa.

7. Prepare um local de injeção como o seu médico ou o profissional de saúde indicou.

8. Aplique a injeção.

  • Pressione a caneta para baixo para inserir a agulha na pele.
  • Pressione o botão de injeção roxo até parar de estalar.
  • Conte 5 segundos antes de retirar a agulha da pele. Mantenha o botão levemente pressionado com o seu polegar enquanto estiver contando.
  • Retire a caneta da pele.

9. Remova a agulha.

  • Com o protetor da agulha:
    - Use a tampa externa da agulha para empurrar o protetor da agulha até travar.
  • Sem o protetor da agulha:
    - Tampe a agulha com cuidado com a tampa externa da agulha.
  • Use a tampa externa da agulha para desatarraxar a agulha. Descarte a agulha em um recipiente apropriado para agulhas usadas.

10. Tampe o seu protetor da agulha ou caneta e guarde-a em um refrigerador.

Efeitos Colaterais do Genotropin:

A seguir são apresentadas os efeitos colaterais listados de acordo as categorias de frequência:

Reação muito comum

>Crianças com Deficiência do hormônio de crescimento:

Reação no local da injeção.

Crianças com Síndrome de Turner:

Artralgia (dor nas articulações).

Crianças PIG (pequenos para idade gestacional):

Não conhecido.

Crianças com Síndrome de Prader-Willi:

Não conhecido.

Crianças com Baixa estatura idiopática:

Não conhecido.

Adultos com Deficiência do hormônio de crescimento:

Artralgia (dor nas articulações) e edema periférico (inchaço nas extremidades do corpo).

Reação comum

Crianças com Deficiência do hormônio de crescimento:

Não conhecido.

Crianças com Síndrome de Turner:

Não conhecido.

Crianças PIG (pequenos para idade gestacional):

Erupção cutânea, urticária, reação no local da injeção.

Crianças com Síndrome de Prader-Willi:

Parestesia (dormência e formigamento), hipertensão intracraniana benigna (aumento da pressão dentro do crânio), erupção cutânea, artralgia, mialgia (dor muscular), edema periférico (inchaço nas extremidades do corpo).

Crianças com Baixa estatura idiopática:

Prurido, artralgia (dor nas articulações) e edema periférico (inchaço nas extremidades do corpo).

Adultos com Deficiência do hormônio de crescimento:

Parestesia (dormência e formigamento), mialgia (dor muscular), rigidez muscular.

Reação incomum

Crianças com Deficiência do hormônio de crescimento:

Leucemia, erupção cutânea, prurido, urticária, artralgia (dor nas articulações).

Crianças com Síndrome de Turner:

Não conhecido.

Crianças PIG (pequenos para idade gestacional):

Prurido, artralgia (dor nas articulações).

Crianças com Síndrome de Prader-Willi:

Não conhecido.

Crianças com Baixa estatura idiopática:

Parestesia (dormência e formigamento), urticária, reação no local de injeção.

Adultos com Deficiência do hormônio de crescimento:

Não conhecido.

Composição Genotropin:

Cada frasco-ampola de duplo compartimento de Genotropin contém:

Somatropina recombinante (correspondente à somatotrofina humana) no compartimento I e diluente no compartimento II. Três unidades internacionais (3,0 UI) correspondem a 1,0 mg de somatropina. Após reconstituição, cada mL contém 12 mg (36 UI) de somatropina.

Excipientes: Glicina, manitol, fosfato de sódio dibásico anidro, fosfato de sódio monobásico anidro, metacresol, água para injetáveis.

O que devo saber antes de usar o medicamento Genotropin?

Miosite

Genotropin pode causar dor no local da injeção.

Em raros casos, quando ocorre dor muscular e/ou dor desproporcional àquela do local da aplicação, deve-se considerar o diagnóstico de miosite (inflamação muscular). Esta reação pode ser devido ao metacresol, o conservante utilizado no Genotropin.

Para continuar o tratamento após esta reação, recomenda se o uso de outro hormônio de crescimento sem metacresol.

Diabetes Mellitus e Tolerância à Glicose Prejudicada

Genotropin pode induzir resistência à insulina e hiperglicemia (aumento da glicose no sangue) em alguns pacientes. Raramente, pode ocorrer diabetes. Nos pacientes diabéticos em tratamento com Genotropin pode ser necessário ajustar a dose dos hipoglicemiantes (medicamentos que reduzem a glicose no sangue).

Hipotireoidismo

Genotropin também pode interferir nos níveis sanguíneos dos hormônios da tireoide. É recomendado dosar estes hormônios no sangue antes do início e toda vez que ajustar a dose do Genotropin.

Hipoadrenalismo

Os pacientes que recebem terapêutica com Genotropin e que têm ou correm risco de deficiência de hormônios hipofisários podem correr o risco de níveis reduzidos de cortisol no soro e/ou de desmascarar o hipoadrenalismo central (secundário).

Além disso, os pacientes tratados com substituição de glicocorticoides por hipoadrenalismo previamente diagnosticado podem necessitar de um aumento nas suas doses de manutenção ou de stress após o início do tratamento com Genotropin.

Uso de terapia oral com estrógeno

Se uma mulher que toma Genotropin iniciar a terapia oral com estrogênios, a dose de Genotropin pode necessitar de ser aumentada para manter os níveis séricos do fator de crescimento semelhante à insulina-I (IGF-I) dentro do intervalo adequado à idade normal.

Por outro lado, se uma mulher sob somatropina interromper a terapia oral com estrogênios, a dose de Genotropin poderá ter de ser reduzida para evitar o excesso de hormônio do crescimento e/ou efeitos secundários.

Neoplasias

Em pacientes com deficiência do hormônio de crescimento devido a tratamento de doenças malignas, é recomendado monitorar a recorrência dos sintomas durante o uso de Genotropin.

Deslizamento da epífise femoral proximal

Se a criança apresentar dificuldade para andar durante o tratamento com Genotropin, ela deve ser avaliada.

Hipertensão Intracraniana

Pacientes que apresentarem dor de cabeça grave ou frequente, alterações visuais, náuseas e/ou vômitos, devem fazer exame de fundo de olho. Em caso de alteração neste exame, o diagnóstico de hipertensão intracraniana (aumento da pressão do cérebro) benigna deve ser considerado.

A experiência clínica mostra que pacientes que já apresentaram hipertensão craniana benigna podem ser tratados novamente com Genotropin e não apresentam recorrência desta doença; os sintomas devem ser monitorados cuidadosamente.

Pacientes idosos

A experiência com Genotropin em pacientes acima de 65 anos é limitada.

Síndrome de Prader-Willi em crianças

Em crianças com síndrome de Prader-Willi, o tratamento com Genotropin deve ser acompanhado de dieta com restrição calórica. Ocorrendo piora da escoliose (curvatura lateral da coluna vertebral) durante o uso de Genotropin, o médico deverá ser consultado.

Caso ocorra obstrução das vias aéreas superiores (nariz e garganta) incluindo início ou aumento de ronco durante o tratamento com Genotropin, consulte o médico.

A experiência com tratamentos prolongados em pacientes adultos ou com síndrome de Prader-Willi é limitada.

Progressão da escoliose pré-existente em pacientes pediátricos

A progressão da escoliose pode ocorrer em pacientes que experimentam um crescimento rápido. Uma vez que Genotropin aumenta a taxa de crescimento, os pacientes com história de escoliose tratados com Genotropin devem ser monitorados quanto à progressão da escoliose.

No entanto, Genotropin não demonstrou aumentar a ocorrência de escoliose. Anormalidades esqueléticas, incluindo escoliose, são comumente vistas em pacientes com síndrome de Turner não tratados.

A escoliose também é comumente observada em pacientes não tratados com síndrome de Prader-Willi. Os médicos devem estar atentos a essas anormalidades, que podem se manifestar durante a terapia com Genotropin.

Pequenos para idade gestacional (PIG)

Antes de iniciar o tratamento com Genotropin para crianças nascidas pequenas para a idade gestacional (PIG), outras razões que possam explicar o distúrbio do crescimento devem ser descartadas.

Não é recomendado o início do tratamento com Genotropin em crianças nascidas PIG em idade próxima ao início da puberdade. Se o tratamento com Genotropin for interrompido antes de a criança atingir a altura final, o ganho em altura pode ficar prejudicado.

Insuficiência Renal Crônica

Em pacientes com insuficiência renal crônica, onde a função renal esteja 50% abaixo do normal, sugere-se, antes da instituição da terapia com Genotropin, o acompanhamento prévio do crescimento por um ano antes do início do tratamento.

Uma terapia conservadora para insuficiência renal deve ser estabelecida e mantida durante o tratamento com Genotropin. Deve-se descontinuar o tratamento com Genotropin em caso de transplante renal.

Doença crítica aguda

Aumento da mortalidade em pacientes com doença crítica aguda devido a complicações após cirurgia cardíaca aberta, cirurgia abdominal ou trauma acidental múltiplo, ou aqueles com insuficiência respiratória aguda foi relatado após o tratamento com quantidades de somatropina e portanto, o potencial benefício da continuação do tratamento com somatropina em pacientes com doenças críticas agudas deve ser ponderado em relação ao risco potencial.

Pacientes pediátricos

Quando não ocorre aumento da velocidade de crescimento, particularmente no 1° ano de tratamento, em pacientes pediátricos com baixa estatura idiopática, é necessário avaliar a adesão ao tratamento e outras causas de falha de crescimento, como hipotireoidismo, subnutrição, idade óssea avançada e anticorpos contra o rhGH.

Severa hipersensibilidade aos componentes

Podem ocorrer reações graves de hipersensibilidade sistêmica, incluindo reações anafiláticas e angioedema com a utilização de Genotropin e portanto, caso ocorra uma reação alérgica, deve ser solicitado atendimento médico imediato.

Retenção de fluídos

Retenção de líquidos durante a terapia de reposição de somatropina em adultos pode ocorrer. As manifestações clínicas de retenção de fluidos (por exemplo, edema, artralgia, mialgia, síndromes de compressão de nervos, incluindo síndrome do canal carpal/parestesias) são habitualmente transitórias e dependentes da dose.

Otite Média e Transtornos Cardiovasculares na Síndrome de Turner

Pacientes com síndrome de Turner devem ser cuidadosamente avaliados quanto à otite média e outros distúrbios do ouvido, uma vez que esses pacientes têm um risco aumentado de distúrbios auditivos.

O tratamento com Genotropin pode aumentar a ocorrência de otite média em pacientes com síndrome de Turner.

Além disso, os pacientes com síndrome de Turner devem ser monitorados de perto, quanto a distúrbios cardiovasculares (por exemplo, acidente vascular cerebral, aneurisma / dissecção da aorta, hipertensão), já que esses pacientes também correm risco de desenvolver essas condições.

Lipoatrofia

Quando a somatropina é administrada por via subcutânea no mesmo local durante um longo período de tempo, pode ocorrer atrofia tecidual. Isso pode ser evitado ao alternar o local da injeção.

Testes laboratoriais

Os níveis séricos de fósforo inorgânico, fosfatase alcalina, paratormônio (PTH) e IGF-I podem aumentar durante a terapia com somatropina.

Casos de pancreatite foram raramente notificados em crianças e adultos que receberam tratamento com somatropina, com algumas evidências apoiando um maior risco em crianças em comparação com adultos.

A literatura publicada indica que as meninas que têm a síndrome de Turner podem apresentar maior risco do que outras crianças tratadas com somatropina. A pancreatite deve ser considerada em qualquer paciente tratado com somatropina, especialmente uma criança, que desenvolva dor abdominal intensa persistente.

Fertilidade, gravidez e lactação

Informe ao seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Não se sabe se Genotropin é excretado no leite materno, mas a absorção do hormônio pelo estômago e intestino do lactente (bebê em fase de amamentação) é extremamente improvável. Informe ao seu médico se estiver amamentando.

Efeitos na habilidade de dirigir ou operar máquinas

Não foi observado efeito na habilidade de dirigir veículos ou operar máquinas com o uso de Genotropin.

Atenção: Este medicamento contém Açúcar, portanto, deve ser usado com cautela em portadores de Diabetes. Este medicamento pode causar doping.

Tratamento com glicocorticóides

O tratamento concomitante com glicocorticóides inibe os efeitos promotores do crescimento dos medicamentos contendo somatropina. Pacientes com deficiência de hormônio adrenocorticotrófico (ACTH) devem ter sua terapia de reposição de glicocorticóides cuidadosamente ajustada para evitar qualquer efeito inibitório sobre o crescimento. E devem ter seu crescimento cuidadosamente monitorado para avaliar o impacto potencial do tratamento com glicocorticóides no crescimento.

Medicamentos Metabolizados pelo Citocromo P450

A administração de Genotropin pode aumentar a eliminação de substâncias que sofrem metabolização pelo citocromo P450 3A4 (ex., esteroides sexuais, corticosteroides, anticonvulsivantes e ciclosporina). O aumento da eliminação destes compostos pode resultar na diminuição dos níveis plasmáticos (sanguíneos) dos mesmos. Ainda não se conhece a importância deste fato.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento. Não use medicamentos sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Onde, como e por quanto tempo posso guardar este medicamento?

  • Genotropin deve ser conservado sob refrigeração (entre 2 e 8ºC), protegido da luz. Não congelar.
  • Após preparada, a solução de Genotropin deve ser mantida sob refrigeração, protegida da luz e pode ser utilizada por até 4 semanas.
  • Se você estiver utilizando o dispositivo para proteção da agulha, guarde sua caneta com o protetor da agulha e com a tampa preta devidamente colocada.
  • Se você não estiver utilizando o dispositivo para proteção da agulha, guarde sua caneta com a tampa branca devidamente colocada.
  • Veja as Instruções de Uso (folheto explicativo) para mais detalhes. Estas medidas ajudarão a proteger Genotropin da luz.
  • As canetas aplicadoras de Genotropin Caneta Aplicadora devem ser descartadas após todo o conteúdo ter sido utilizado.
  • O volume da solução reconstituída pode sofrer variação, o que não afeta o volume de aplicação.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem. Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Ficha Técnica

Marca Genotropin
Fabricante Pfizer
RMS 1.2110.0459.008-6
Composição SOMATROPINA 12.0MG/1.0ML
Indicação Tratamento de longo prazo de crianças com distúrbios do crescimento; terapia de reposição em adultos com deficiência de hormônio de crescimento; tratamento de baixa estatura idiopática (sem causa identificada).
Contra Indicação Alergia à somatropina ou a qualquer componente da fórmula; atividade neoplásica; crescimento não controlado de tumores intracranianos benignos; complicações após a cirurgia cardíaca, abdominal, trauma acidental múltiplo ou insuficiência respiratória aguda; promoção do crescimento em crianças com epífises fechadas; retinopatia diabética.

Perguntas Frequentes

O que devo fazer se perceber Genotropin vazando da caneta?

Verifique se a agulha foi fixada corretamente.

O que devo fazer se não conseguir girar o anel preto?

Você provavelmente girou acidentalmente o mostrador cinza. Se você girou o mostrador cinza, a caneta irá impedi-lo de girar o anel preto, para evitar que a sua dose mude durante a injeção. Para liberar o anel preto, pressione o botão de injeção roxo até ele parar. Observe que irá sair líquido da agulha. Então continue ajustando a sua dose utilizando o anel preto.

Genotropin aliado a musculação ajuda no desenvolvimento dos músculos?

Sim, pois essa combinação acelera o processo e favorece o crescimento das fibras musculares.

O que devo fazer se o meu médico mudar a minha dose quando já comecei uma caneta?

Ajuste a nova dose girando o anel preto.

Qual é a agulha certa para a caneta de genotropin?

A agulha mais utilizada é a de 5mm.

O que devo fazer se perceber mais do que uma pequena gota de líquido na agulha depois de aplicar minha injeção de Genotropin?

Em sua próxima injeção espere o tempo completo de 5 segundos antes de retirar a agulha da pele. Se você ainda perceber algum líquido depois de retirar a agulha, espere um pouco mais na próxima vez.

Há algum problema se eu perceber bolhas de ar no frasco-ampola?

Não, pequenas quantidades de ar podem estar presentes no frasco-ampola durante o uso normal.

Quais doses a minha caneta pode fornecer?

A caneta pode fornecer doses de 0,30 mg a 4,5 mg de Genotropin. Cada clique do anel preto muda a dose em 0,15 mg.

O que devo fazer se a caneta que estou utilizando não foi mantida em refrigerador?

Descarte a caneta e use um novo Genotropin Caneta Aplicadora.

O que devo fazer se injetei a dose errada?

Ligue imediatamente para seu médico e siga as suas instruções.