Tags associadas a esse produto pelos consumidores

O que são Tags? Tags são palavras-chaves associadas aos produtos pelos próprios consumidores. Ao clicar em uma Tag você poderá ver todos os produtos associados a ela.

Adicione sua primeira tag
Lupron Depot 11,25mg Injetável com 1 Frasco Ampola + Diluente + Kit Aplicação
Compre Lupron Depot 11,25mg Injetável na Drogaria Araujo com melhor preço! Indicado no tratamento de câncer de próstata, câncer de mama, endometriose.

Por:

Parcele em x de

à vista

Produto indisponível

Produto Indisponível

Para ser avisado da disponibilidade deste Produto, basta preencher os campos abaixo.

E-mail cadastrado com sucesso! Não se preocupe, te avisaremos quando o produto desejado estiver disponível.

Você pode adquirir esse medicamento sob encomenda. Preencha os campos abaixo com seus dados de contato, e receba mais detalhes para realizar o seu pedido em, no máximo, 1 dia útil.

Manter sob refrigeração conforme recomendação do fabricante.

Não efetuamos troca.

Produto refrigerado. Não efetuamos troca.

Peça pelo Drogatel

3270-5000

BH/Contagem/Nova Lima

3179-5000

Sete Lagoas

0300-3131010

Para todo o Brasil

Este produto não pode ser vendido pela internet. Você pode comprá-lo em uma de nossas lojas, de acordo com a disponibilidade de estoque de cada loja.

Receba em casa
em até60 minutos
RetireGrátis
em uma loja

Informações do produto

Veja nossos GENÉRICOS ou SIMILARES

Compartilhe este produto

Saiba Mais

GRP_INTEGRACAO

Possui Venda PermitidaS
FabricanteAbbvie Farmacêutica
Informe Ministério Saúde 02-
Informe Ministério Saúde 04-
Informe Ministério Saúde 05-
Informe Ministério Saúde 08-
Informe Ministério Saúde 09-
Informe Ministério Saúde 01"VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA."
Informe Ministério Saúde 03-
Informe Ministério Saúde 06-
Informe Ministério Saúde 07-
Informe Ministério Saúde 10-
Princípio AtivoACETATO DE LEUPRORRELINA

Característica

ComposiçãoACETATO DE LEUPRORRELINA (11.25MG)
RMS1.9860.0007.007-6
Indicação

Câncer de próstata em estágio avançado; mioma no útero; endometriose; câncer de mama avançado, em associação ao tamoxifeno, em mulheres na pré e peri-menopausa.

Contraindicação
Crianças; adolescentes; alergia ao acetato de leuprorrelina, ou a outros medicamentos parecidos ou a qualquer outro componente da fórmula; mulheres grávidas ou que possam engravidar durante o tratamento; mulheres com sangramento vaginal de causa desconhecida.

Saiba Mais

Saiba Mais

Lupron Depot 11,25mg Injetável

Lupron Depot é um medicamento destinado ao tratamento paliativo de câncer de próstata em estágio avançado, mioma no útero, endometriose, puberdade precoce e câncer de mama avançado, em associação ao tamoxifeno, em mulheres na pré e perimenopausa. Procure um endocrinologista e comece a se tratar.

Lupron - Bula

Lupron - Para Que Serve?

Lupron Depot é indicado para o tratamento de:

  • Câncer de próstata em estágio avançado;
  • Mioma no útero;
  • Endometriose;
  • Câncer de mama avançado, em associação ao tamoxifeno, em mulheres na pré e peri-menopausa.

Como O Lupron Depot Funciona?

O acetato de leuprorrelina, substância ativa do medicamento Lupron Depot, é um hormônio sintético que age diminuindo a produção do hormônio gonadotrofina pelo corpo. Essa diminuição bloqueia a produção dos ovários e dos testículos. Esse bloqueio deixa de existir se o medicamento for descontinuado. O uso do acetato de leuprorrelina impede o desenvolvimento de alguns tumores dependentes de hormônios (como, por exemplo, alguns tipos de tumores de próstata e da mama), e trata outras doenças dependentes de hormônio como mioma uterino e endometriose nas mulheres e puberdade precoce nas crianças.

O medicamento começa a fazer efeito dentro de cerca de 01 mês.

Quais As Contraindicações Do Lupron Depot?

Este medicamento é contra-indicado a crianças e adolescentes.

Lupron Depot não deve ser usado por pessoas que tenham alergia ao acetato de leuprolida, ou a outros medicamentos parecidos, ou a qualquer outro componente do medicamento.

Lupron Depot não deve ser usado por mulheres grávidas ou que possam engravidar durante o tratamento.

Lupron Depot não deve ser usado por mulheres com sangramento vaginal de causa desconhecida.

Como Usar O Lupron Depot?

Lupron Depot é apresentado em microesferas liofilizadas (pó), devendo ser reconstituído antes da aplicação, colocando-se diluente no frasco. Após colocar o líquido diluente dentro do frasco com o pó, o medicamento deve ser aplicado imediatamente. Depois de usada a dose recomendada pelo médico, a quantidade de líquido que sobrar no frasco deve ser descartada, pois o produto não contém conservantes.

Como com outros medicamentos injetáveis de uso prolongado, o local da injeção deve variar periodicamente.

As recomendações para a reconstituição de Lupron Depot são as seguintes:

  1. Usando a seringa com uma das agulhas calibre 23, retirar 2 mL de diluente da ampola (qualquer quantidade que sobrar do diluente deve ser descartada).
  2. Após retirar a tampa externa de proteção do frasco, injetar o diluente dentro do mesmo.
  3. Agitar bem o frasco até que o pó e o diluente formem um líquido uniforme que pode ter uma aparência leitosa.
  4. Imediatamente após a reconstituição da suspensão, retirar o conteúdo total do frasco através das mesmas seringa e agulha. Limpar o local da pele onde vai ser feita a injeção, com algodão umedecido com álcool. Trocar a agulha (usar a segunda agulha incluída na embalagem), introduzir a agulha através da pele e injetar o medicamento por via intramuscular. Após injetar o medicamento, retirar a agulha e usar novamente outro algodão com álcool e passar suavemente sobre o local onde foi feita a injeção.

Nenhum outro diluente deve ser utilizado para a reconstituição deste medicamento.

Usar cada seringa somente uma vez. Cuidado ao descartá-las. As agulhas jogadas sem proteção no lixo podem ferir acidentalmente as pessoas. Nunca deixar seringas, agulhas ou medicamentos ao alcance das crianças.

Posologia Do Lupron Depot

Lupron Depot deve ser usado com a supervisão do médico, uma vez a cada 3 meses, através de dose única intramuscular.

Câncer De Próstata

Lupron Depot está indicado no tratamento do câncer de próstata em estágio avançado pelo tempo determinado pelo médico.

Câncer De Mama

Lupron Depot está indicado no tratamento do câncer de mama em estágio avançado pelo tempo determinado pelo médico.

Mioma No Útero

Lupron Depot está indicado no tratamento do leiomioma uterino (fibroma uterino) por um período de seis meses. Lupron Depot deve ser aplicado em intervalos de 03 meses (2 aplicações).

Endometriose

Lupron Depot está indicado no tratamento de endometriose por um período de seis meses. Lupron Depot deve ser aplicado em intervalos de 03 meses (2 aplicações).

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

O Que Devo Fazer Quando Eu Me Esquecer De Usar O Lupron Depot?

Se a pessoa esquecer de aplicar o Lupron Depot, não vai sentir efeitos desagradáveis. Mas o médico deve ser avisado o mais rápido possível porque a falta do medicamento pode atrapalhar o efeito dele sobre a doença.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Não use o medicamento com o prazo de validade vencido. Antes de usar observe o aspecto do medicamento.

Quais Cuidados Devo Ter Ao Usar O Lupron Depot?

Câncer De Próstata

Pessoas nas quais o tumor atingiu os ossos da coluna (vértebras) e/ou que não conseguem urinar devido à obstrução pelo tumor devem ficar mais atentas nas primeiras semanas do tratamento e avisar o médico, o mais rápido possível, se perceberem piora ou surgimento de alguma outra reação desagradável. Algumas pessoas podem sentir piora dos sintomas durante as primeiras semanas de tratamento.

Endometriose/Mioma No Útero

Pode acontecer piora dos sintomas durante os primeiros dias de tratamento, mas que desaparecem com a continuidade do tratamento em doses adequadas. Acetato de leuprolida não deve ser usado por mulheres com sangramento vaginal anormal de causa desconhecida.

Perda Óssea

Durante o tratamento com Lupron Depot, pode ocorrer perda da massa óssea, que é reversível com a descontinuação do medicamento.

Lupron Depot não terá ação se tomado por via oral.

Lupron Depot deve ser administrado por via intramuscular.

Interações Medicamentosas, Alimentares E Com Testes Laboratoriais

Não foram realizados estudos; no entanto, não são esperadas reações com outros medicamentos ou com alimentos.

Os exames que medem a quantidade dos hormônios no sangue das mulheres somente voltam ao normal depois de 3 meses da descontinuação do medicamento.

Exames laboratoriais realizados em pacientes com fibroma uterino, tratados com Lupron Depot, resultaram em aumento de enzimas do fígado.

Em pacientes com endometriose recebendo Lupron Depot, os valores de triglicérides apresentaram-se acima dos valores normais.

Informe ao médico ou cirurgião-dentista o aparecimento de reações indesejáveis.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Quais As Reações Adversas E Os Efeitos Colaterais Do Lupron Depot?

Pacientes Com Câncer De Próstata

As reações desagradáveis mais frequentes são:

  • Piora dos sintomas da doença durante a primeira semana de tratamento;
  • Pessoas nas quais o tumor atingiu os ossos da coluna (vértebras) e/ou que não conseguem urinar devido à obstrução pelo tumor: fraqueza e/ou perda da sensibilidade dos membros inferiores ou piora dos sintomas urinários;
  • Aumento de peso, anorexia;
  • Ondas de calor, diminuição do desejo sexual, aumento da transpiração;
  • Alterações urinárias, impotência, alterações nos testículos, infecções urinárias;
  • Reações no local da injeção, coceira;
  • Dor óssea;
  • Cansaço, fraqueza muscular.

Pacientes Com Endometriose E Mioma No Útero

As reações desagradáveis mais freqüentes são:

  • Dor generalizada, dor de cabeça;
  • Ondas de calor, sudorese;
  • Náuseas, vômitos, alterações gastrintestinais (estômago e intestino);
  • Edema, ganho/perda de peso;
  • Acne;
  • Problemas nas articulações;
  • Diminuição do desejo sexual, depressão emocional, tontura, nervosismo, alterações neuromusculares, dormência;
  • Reações na pele;
  • Dor e sensibilidade nas mamas, vaginite.

Pacientes Com Câncer De Mama

  • Fogacho, aumento da transpiração;
  • Cefaléia;
  • Sintomas de resfriado;
  • Endurecimento e dor no local de aplicação;
  • Febre;
  • Vômito, náusea, vertigens, diarréia, constipação;
  • Dermatite;
  • Diaforese;
  • Aumento/perda de peso, aumento/diminuição do apetite;
  • Dor cervical, dor nas costas, dor nas articulações, artralgia;
  • Fraqueza generalizada, decréscimo da capacidade física;
  • Perda de cabelo;
  • Oscilação do humor, nervosismo, insônia, depressão;
  • Leucopenia;
  • Eritema;
  • Vaginite.

População Especial Do Lupron Depot

Uso Em Idosos

Não há recomendações especiais para esta faixa etária.

Uso Na Gravidez

Este medicamento é contra-indicado a mulheres grávidas ou que possam engravidar durante o tratamento.

O medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas ou que possam engravidar durante o tratamento.

Amamentação:

Não se sabe se o Lupron Depot passa para o leite materno, mas como isso ocorre com vários medicamentos, Lupron Depot deve ser indicado com cuidado a mulheres que estejam amamentando.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se ocorrer gravidez ou iniciar amamentação durante o uso deste medicamento.

Uso Em Crianças E Bebês

Não há justificativa, pelos conhecimentos atuais, para uso deste medicamento em crianças e bebês.

Qual A Composição Do Lupron Depot?

Apresentação

Pó liófilo injetável 11,25 mg:

Embalagem com 1 frasco-ampola de dose única, 1 ampola de diluente, 1 seringa, 2 agulhas e 2 sachês com álcool.

Via intramuscular.

Uso adulto e pediátrico.

Composição

Cada frasco-ampola de dose única 11,25 mg contém:

Acetato de leuprorrelina 1,25 mg*

Excipientes: ácido poliláctico, manitol.

*Cada 11,25 mg de acetato de leuprorrelina equivalem a 10,72 mg de leuprorrelina.

Superdose: O Que Acontece Se Tomar Uma Dose Do Lupron Depot Maior Do Que A Recomendada?

Em casos de superdosagem, isto é, se a pessoa usar grande quantidade desse medicamento, deverá procurar socorro médico o mais rápido possível.

Os pacientes deverão ser monitorados cuidadosamente, devendo ser adotadas medidas de suporte e tratamento dos sintomas entre eles:

  • Falta de ar;
  • desânimo;
  • irritação no local onde foi aplicada a injeção.

Interação Medicamentosa: Quais Os Efeitos De Tomar Lupron Depot Com Outros Remédios?

Não foram realizados estudos específicos sobre interação do Acetato de Leuprorrelina com outras substâncias. Entretanto, considerando que a Leuprorrelina é um peptídeo principalmente metabolizado pela peptidase e não pelas enzimas do citocromo P450, conforme observado em estudos específicos, e que a substância é apenas cerca de 46% ligada às proteínas plasmáticas, não são esperadas interações medicamentosas.

A administração de Acetato de Leuprorrelina 3,75mg e 11,25mg em suspensão de depósito em mulheres resulta na supressão do sistema hipofisário-gonadal. A função normal geralmente é recuperada em até 03 meses após a descontinuação do tratamento. Portanto, os exames de diagnóstico da função hipofisária gonadotrófica e gonadal realizados durante o tratamento até 3 meses após a descontinuação do produto podem não ser conclusivos.

Características Farmacológicas

Farmacodinâmica

O Acetato de Leuprorrelina, um agonista do LH-RH, age como um potente inibidor da secreção de gonadotrofina quando administrado continuamente e em doses terapêuticas. Os estudos em animais e em humanos indicam que, seguindo-se a uma estimulação inicial, a administração crônica de Acetato de Leuprorrelina resulta em suspensão da esteroidogênese ovariana e testicular. Esse efeito é reversível com a descontinuação da terapêutica.

A administração de Acetato de Leuprorrelina resultou na inibição do crescimento de tumores hormônio-dependentes (tumores prostáticos em ratos machos das espécies Nobel e Dunning e tumores mamários DMBAinduzidos em ratas), bem como causou atrofia dos órgãos reprodutores.

Em humanos, a administração de Acetato de Leuprorrelina resulta num aumento inicial dos níveis circulantes do hormônio luteinizante (LH) e do hormônio folículo-estimulante (FSH), conduzindo a um transitório aumento dos níveis dos esteroides gonadais (testosterona e di-hidrotestosterona em homens; e estrona e estradiol em mulheres na pré-menopausa).

Contudo, a administração contínua do Acetato de Leuprorrelina, nas doses recomendadas, resulta em diminuição dos níveis de LH, FSH e esteroides sexuais. Em homens, a testosterona é reduzida aos níveis de castração ou pré-puberais. Em mulheres na pré-menopausa, os estrógenos são reduzidos aos níveis pós-menopausa. A redução dos níveis desses hormônios ocorre dentro de um mês após o início do tratamento com doses recomendadas.

Farmacocinética

O Acetato de Leuprorrelina não é ativo quando administrado por via oral. A biodisponibilidade quando administrado por via subcutânea é comparável a da administração intramuscular.

Distribuição

O volume médio de distribuição do Acetato de Leuprorrelina, no estado de equilíbrio, após administração intravenosa em bolus em voluntários sadios do sexo masculino foi de 27 litros. A ligação às proteínas plasmáticas humanas in vitro variou de 43% a 49%.

Metabolismo

Em voluntários sadios do sexo masculino, uma injeção de 1 mg de Acetato de Leuprorrelina por via intravenosa em bolus, revelou que a depuração sistêmica média foi de 7,6 L/h, com meia-vida de eliminação final de aproximadamente três horas, com base em um modelo de dois compartimentos. Estudos em animais mostraram que o AAcetato de Leuprorrelina marcado com C14 foi metabolizado em peptídeos menores inativos, um pentapeptídeo (Metabólito I), tripeptídeos (Metabólitos II e III) e um dipeptídeo (Metabólito IV). Esses fragmentos podem ser metabolizados posteriormente.

As concentrações plasmáticas do principal metabólito (M-I), avaliadas em cinco pacientes com câncer de próstata que receberam Acetato de Leuprorrelina em suspensão de depósito (Acetato de Leuprorrelina), atingiram a concentração máxima em duas a seis horas depois da administração e foram aproximadamente 6% da concentração de pico da substância-mãe. Uma semana depois da administração, as concentrações plasmáticas médias de M-I foram aproximadamente 20% das concentrações médias do Acetato de Leuprorrelina.

Eliminação

Após a administração de 3,75 mg do Acetato de Leuprorrelina em suspensão de depósito a três pacientes, menos de 5% da dose administrada foi recuperada sob a forma de substância-mãe e metabólito M-I na urina em 27 dias.

Populações especiais

A farmacocinética do Acetato de Leuprorrelina em pacientes com insuficiência renal ou hepática não foi determinada.

Descrição

O Acetato de Leuprorrelina 3,75 mg e 11,25, substância ativa do medicamento Acetato de Leuprorrelina 3,75 mg e 11,25, é um nonapeptídeo sintético análogo do hormônio liberador da gonadotrofina natural (GnRH ou LH-RH). Possui maior potência que o hormônio natural, atua como um inibidor da produção de gonadotrofina e é quimicamente distinto dos esteroides. Seu nome químico é acetato de 5-oxo-L-prolil-L-histidil-L-triptofanil-L-seril-Ltirosil-D-leucil-L-leucil-L-arginil-L-N-etil-L-prolinamida (sal). O Acetato de Leuprorrelina 3,75 mg e 11,25 é apresentado como microesferas liofilizadas estéreis que, quando misturadas com o diluente, tornam-se uma suspensão para uso intramuscular.

Absorção

Os níveis séricos médios obtidos ao final de 1 mês após a administração única de Acetato de Leuprorrelina 3,75 mg e 11,25 em pacientes com neoplasia prostática, na dose de 3,75mg, por via subcutânea ou intramuscular, foi de 0,7 ng/mL. Não houve indícios de acúmulo do fármaco no organismo. Níveis séricos de Acetato de Leuprorrelina 3,75mg foram mensurados em 11 pacientes com câncer de mama na pré-menopausa superior a 12 semanas, Os níveis medidos de Acetato de Leuprorrelina 3,75mg e 11,25mg foram acima de 0,1 ng/mL após 4 semanas e permanecendo estável após a re-injeção (em 8 e 12 semanas). Não houve tedência de acúmulo da droga.

Após uma administração de 7,5 mg de Acetato de Leuprorrelina 3,75mg e 11,25mg em pacientes adultos, o pico médio da concentração plasmática de Acetato de Leuprorrelina 3,75mg e 11,25mg foi de quase 20 ng/mL em quatro horas e diminuiu para 0,36 ng/mL em quatro semanas. No entanto, Acetato de Leuprorrelina 3,75mg e 11,25mg intacta e seu principal metabólito inativo não podem ser diferencados pelo teste utilizado no estudo. Concentrações plasmáticas não detactéveis de Acetato de Leuprorrelina 3,75mg e 11,25mg têm sido observadas durante a administração crônica de 7,5 mg de acetato de leuporrelina em depósito mas os níveis de testosterona parecem ter sido mantidos em níveis de castração.

Após uma administração única de Acetato de Leuprorrelina 11,25 mg em homens com câncer de próstata avançado, um rápido aumento da concentração de Acetato de Leuprorrelina 3,75mg e 11,25mg foi observado. Nível sérico máximo de 21,82 ± 11,24 ng/mL foi observado 3 horas após uma única injeção da apresentação de Acetato de Leuprorrelina 11,25 mg. A taxa de liberação do Acetato de Leuprorrelina 3,75 mg e 11,25 estabiliza-se dentro de 7 a 14 dias após a administração. Na 4ª semana, observa-se uma concentração plasmática média do Acetato de Leuprorrelina 3,75 mg e 11,25 decresce para 0,17 ± 0,08 ng/mL em 12 semanas. Após uma única aplicação de Acetato de Leuprorrelina 11,25 mg em mulheres saudáveis, uma concentração plasmática média de 36,3 ng/mL foi observada em 4 horas. Acetato de Leuprorrelina 3,75 mg e 11,25 pareceu ser liberada a uma taxa constante, mantendo uma concentração equilíbrio durante as três primeiras semanas. O nível médio declina gradualmente após a 3ª semana, chegando próximo ao limiar mínimo de detecção até a 12ª semana. A média (± desvio padrão) da concentração do Acetato de Leuprorrelina 3,75 mg e 11,25 da 3ª até a 12ª semana foi 0,23 ± 0,09 ng/mL.

No entanto, o Acetato de Leuprorrelina 3,75mg e 11,25mg e seu principal metabolito inativo não podem ser distinguidos com o ensaio que foi empregado neste estudo. A elevação inicial, seguido de rápido declínio para um nível de estado estacionário, foi semelhante ao padrão de liberação da formulação mensal.

Após uma administração única de Acetato de Leuprorrelina 11,25 mg em crianças com puberdade precoce central, a o nível sérico máximo foi de 19,1 ng/mL. As concentrações declinaram para 0,08 ng/mL na 2ª semana após administração. A concentração plasmática médica de Acetato de Leuprorrelina 3,75mg e 11,25mg permaneceu constante do 1º ao 3º mês. As concentrações médias de Acetato de Leuprorrelina 3,75mg e 11,25mg três meses após 1ª e 2ª administração foram similares indicando que não há acúmulo de Acetato de Leuprorrelina 3,75mg e 11,25mg após administrações repetidas.

Como Devo Armazenar O Lupron Depot?

Lupron Depot deve ser armazenado em temperatura ambiente (15-30ºC) e protegido da luz. Não congelar.

Manter o produto na embalagem até seu uso.

Se armazenado nas condições indicadas, este medicamento se manterá próprio para consumo pelo prazo de validade de 36 meses, a partir da data de fabricação impressa na embalagem externa.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Dizeres Legais Do Lupron Depot

MS n° 1.0553.0183.

Farm. Resp.:

Fábio Bussinger da Silva

CRF-RJ nº 9277

Fabricado por:

Takeda Pharmaceutical Company Limited

Osaka - Japão

Embalado por:

Abbott Laboratories S.A.

Madrid, Espanha

Importado por:

Abbott Laboratórios do Brasil Ltda.

Estrada dos Bandeirantes, 2400 – Rio de Janeiro, RJ

CNPJ: 56.998.701/0012-79

Indústria Brasileira

Venda sob prescrição médica.

Nº de lote, data de fabricação e validade: vide rótulo e cartucho.

Características

Classificação

Fabricante

Marca

Indicação

Composição

Contraindicação

RMS

GRP_INTEGRACAO

Possui Venda PermitidaS
FabricanteAbbvie Farmacêutica
Informe Ministério Saúde 02-
Informe Ministério Saúde 04-
Informe Ministério Saúde 05-
Informe Ministério Saúde 08-
Informe Ministério Saúde 09-
Informe Ministério Saúde 01"VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA."
Informe Ministério Saúde 03-
Informe Ministério Saúde 06-
Informe Ministério Saúde 07-
Informe Ministério Saúde 10-
Princípio AtivoACETATO DE LEUPRORRELINA

Característica

ComposiçãoACETATO DE LEUPRORRELINA (11.25MG)
RMS1.9860.0007.007-6
Indicação

Câncer de próstata em estágio avançado; mioma no útero; endometriose; câncer de mama avançado, em associação ao tamoxifeno, em mulheres na pré e peri-menopausa.

Contraindicação
Crianças; adolescentes; alergia ao acetato de leuprorrelina, ou a outros medicamentos parecidos ou a qualquer outro componente da fórmula; mulheres grávidas ou que possam engravidar durante o tratamento; mulheres com sangramento vaginal de causa desconhecida.

Saiba Mais

Saiba Mais

Lupron Depot 11,25mg Injetável

Lupron Depot é um medicamento destinado ao tratamento paliativo de câncer de próstata em estágio avançado, mioma no útero, endometriose, puberdade precoce e câncer de mama avançado, em associação ao tamoxifeno, em mulheres na pré e perimenopausa. Procure um endocrinologista e comece a se tratar.

Lupron - Bula

Lupron - Para Que Serve?

Lupron Depot é indicado para o tratamento de:

  • Câncer de próstata em estágio avançado;
  • Mioma no útero;
  • Endometriose;
  • Câncer de mama avançado, em associação ao tamoxifeno, em mulheres na pré e peri-menopausa.

Como O Lupron Depot Funciona?

O acetato de leuprorrelina, substância ativa do medicamento Lupron Depot, é um hormônio sintético que age diminuindo a produção do hormônio gonadotrofina pelo corpo. Essa diminuição bloqueia a produção dos ovários e dos testículos. Esse bloqueio deixa de existir se o medicamento for descontinuado. O uso do acetato de leuprorrelina impede o desenvolvimento de alguns tumores dependentes de hormônios (como, por exemplo, alguns tipos de tumores de próstata e da mama), e trata outras doenças dependentes de hormônio como mioma uterino e endometriose nas mulheres e puberdade precoce nas crianças.

O medicamento começa a fazer efeito dentro de cerca de 01 mês.

Quais As Contraindicações Do Lupron Depot?

Este medicamento é contra-indicado a crianças e adolescentes.

Lupron Depot não deve ser usado por pessoas que tenham alergia ao acetato de leuprolida, ou a outros medicamentos parecidos, ou a qualquer outro componente do medicamento.

Lupron Depot não deve ser usado por mulheres grávidas ou que possam engravidar durante o tratamento.

Lupron Depot não deve ser usado por mulheres com sangramento vaginal de causa desconhecida.

Como Usar O Lupron Depot?

Lupron Depot é apresentado em microesferas liofilizadas (pó), devendo ser reconstituído antes da aplicação, colocando-se diluente no frasco. Após colocar o líquido diluente dentro do frasco com o pó, o medicamento deve ser aplicado imediatamente. Depois de usada a dose recomendada pelo médico, a quantidade de líquido que sobrar no frasco deve ser descartada, pois o produto não contém conservantes.

Como com outros medicamentos injetáveis de uso prolongado, o local da injeção deve variar periodicamente.

As recomendações para a reconstituição de Lupron Depot são as seguintes:

  1. Usando a seringa com uma das agulhas calibre 23, retirar 2 mL de diluente da ampola (qualquer quantidade que sobrar do diluente deve ser descartada).
  2. Após retirar a tampa externa de proteção do frasco, injetar o diluente dentro do mesmo.
  3. Agitar bem o frasco até que o pó e o diluente formem um líquido uniforme que pode ter uma aparência leitosa.
  4. Imediatamente após a reconstituição da suspensão, retirar o conteúdo total do frasco através das mesmas seringa e agulha. Limpar o local da pele onde vai ser feita a injeção, com algodão umedecido com álcool. Trocar a agulha (usar a segunda agulha incluída na embalagem), introduzir a agulha através da pele e injetar o medicamento por via intramuscular. Após injetar o medicamento, retirar a agulha e usar novamente outro algodão com álcool e passar suavemente sobre o local onde foi feita a injeção.

Nenhum outro diluente deve ser utilizado para a reconstituição deste medicamento.

Usar cada seringa somente uma vez. Cuidado ao descartá-las. As agulhas jogadas sem proteção no lixo podem ferir acidentalmente as pessoas. Nunca deixar seringas, agulhas ou medicamentos ao alcance das crianças.

Posologia Do Lupron Depot

Lupron Depot deve ser usado com a supervisão do médico, uma vez a cada 3 meses, através de dose única intramuscular.

Câncer De Próstata

Lupron Depot está indicado no tratamento do câncer de próstata em estágio avançado pelo tempo determinado pelo médico.

Câncer De Mama

Lupron Depot está indicado no tratamento do câncer de mama em estágio avançado pelo tempo determinado pelo médico.

Mioma No Útero

Lupron Depot está indicado no tratamento do leiomioma uterino (fibroma uterino) por um período de seis meses. Lupron Depot deve ser aplicado em intervalos de 03 meses (2 aplicações).

Endometriose

Lupron Depot está indicado no tratamento de endometriose por um período de seis meses. Lupron Depot deve ser aplicado em intervalos de 03 meses (2 aplicações).

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

O Que Devo Fazer Quando Eu Me Esquecer De Usar O Lupron Depot?

Se a pessoa esquecer de aplicar o Lupron Depot, não vai sentir efeitos desagradáveis. Mas o médico deve ser avisado o mais rápido possível porque a falta do medicamento pode atrapalhar o efeito dele sobre a doença.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Não use o medicamento com o prazo de validade vencido. Antes de usar observe o aspecto do medicamento.

Quais Cuidados Devo Ter Ao Usar O Lupron Depot?

Câncer De Próstata

Pessoas nas quais o tumor atingiu os ossos da coluna (vértebras) e/ou que não conseguem urinar devido à obstrução pelo tumor devem ficar mais atentas nas primeiras semanas do tratamento e avisar o médico, o mais rápido possível, se perceberem piora ou surgimento de alguma outra reação desagradável. Algumas pessoas podem sentir piora dos sintomas durante as primeiras semanas de tratamento.

Endometriose/Mioma No Útero

Pode acontecer piora dos sintomas durante os primeiros dias de tratamento, mas que desaparecem com a continuidade do tratamento em doses adequadas. Acetato de leuprolida não deve ser usado por mulheres com sangramento vaginal anormal de causa desconhecida.

Perda Óssea

Durante o tratamento com Lupron Depot, pode ocorrer perda da massa óssea, que é reversível com a descontinuação do medicamento.

Lupron Depot não terá ação se tomado por via oral.

Lupron Depot deve ser administrado por via intramuscular.

Interações Medicamentosas, Alimentares E Com Testes Laboratoriais

Não foram realizados estudos; no entanto, não são esperadas reações com outros medicamentos ou com alimentos.

Os exames que medem a quantidade dos hormônios no sangue das mulheres somente voltam ao normal depois de 3 meses da descontinuação do medicamento.

Exames laboratoriais realizados em pacientes com fibroma uterino, tratados com Lupron Depot, resultaram em aumento de enzimas do fígado.

Em pacientes com endometriose recebendo Lupron Depot, os valores de triglicérides apresentaram-se acima dos valores normais.

Informe ao médico ou cirurgião-dentista o aparecimento de reações indesejáveis.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Quais As Reações Adversas E Os Efeitos Colaterais Do Lupron Depot?

Pacientes Com Câncer De Próstata

As reações desagradáveis mais frequentes são:

  • Piora dos sintomas da doença durante a primeira semana de tratamento;
  • Pessoas nas quais o tumor atingiu os ossos da coluna (vértebras) e/ou que não conseguem urinar devido à obstrução pelo tumor: fraqueza e/ou perda da sensibilidade dos membros inferiores ou piora dos sintomas urinários;
  • Aumento de peso, anorexia;
  • Ondas de calor, diminuição do desejo sexual, aumento da transpiração;
  • Alterações urinárias, impotência, alterações nos testículos, infecções urinárias;
  • Reações no local da injeção, coceira;
  • Dor óssea;
  • Cansaço, fraqueza muscular.

Pacientes Com Endometriose E Mioma No Útero

As reações desagradáveis mais freqüentes são:

  • Dor generalizada, dor de cabeça;
  • Ondas de calor, sudorese;
  • Náuseas, vômitos, alterações gastrintestinais (estômago e intestino);
  • Edema, ganho/perda de peso;
  • Acne;
  • Problemas nas articulações;
  • Diminuição do desejo sexual, depressão emocional, tontura, nervosismo, alterações neuromusculares, dormência;
  • Reações na pele;
  • Dor e sensibilidade nas mamas, vaginite.

Pacientes Com Câncer De Mama

  • Fogacho, aumento da transpiração;
  • Cefaléia;
  • Sintomas de resfriado;
  • Endurecimento e dor no local de aplicação;
  • Febre;
  • Vômito, náusea, vertigens, diarréia, constipação;
  • Dermatite;
  • Diaforese;
  • Aumento/perda de peso, aumento/diminuição do apetite;
  • Dor cervical, dor nas costas, dor nas articulações, artralgia;
  • Fraqueza generalizada, decréscimo da capacidade física;
  • Perda de cabelo;
  • Oscilação do humor, nervosismo, insônia, depressão;
  • Leucopenia;
  • Eritema;
  • Vaginite.

População Especial Do Lupron Depot

Uso Em Idosos

Não há recomendações especiais para esta faixa etária.

Uso Na Gravidez

Este medicamento é contra-indicado a mulheres grávidas ou que possam engravidar durante o tratamento.

O medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas ou que possam engravidar durante o tratamento.

Amamentação:

Não se sabe se o Lupron Depot passa para o leite materno, mas como isso ocorre com vários medicamentos, Lupron Depot deve ser indicado com cuidado a mulheres que estejam amamentando.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se ocorrer gravidez ou iniciar amamentação durante o uso deste medicamento.

Uso Em Crianças E Bebês

Não há justificativa, pelos conhecimentos atuais, para uso deste medicamento em crianças e bebês.

Qual A Composição Do Lupron Depot?

Apresentação

Pó liófilo injetável 11,25 mg:

Embalagem com 1 frasco-ampola de dose única, 1 ampola de diluente, 1 seringa, 2 agulhas e 2 sachês com álcool.

Via intramuscular.

Uso adulto e pediátrico.

Composição

Cada frasco-ampola de dose única 11,25 mg contém:

Acetato de leuprorrelina 1,25 mg*

Excipientes: ácido poliláctico, manitol.

*Cada 11,25 mg de acetato de leuprorrelina equivalem a 10,72 mg de leuprorrelina.

Superdose: O Que Acontece Se Tomar Uma Dose Do Lupron Depot Maior Do Que A Recomendada?

Em casos de superdosagem, isto é, se a pessoa usar grande quantidade desse medicamento, deverá procurar socorro médico o mais rápido possível.

Os pacientes deverão ser monitorados cuidadosamente, devendo ser adotadas medidas de suporte e tratamento dos sintomas entre eles:

  • Falta de ar;
  • desânimo;
  • irritação no local onde foi aplicada a injeção.

Interação Medicamentosa: Quais Os Efeitos De Tomar Lupron Depot Com Outros Remédios?

Não foram realizados estudos específicos sobre interação do Acetato de Leuprorrelina com outras substâncias. Entretanto, considerando que a Leuprorrelina é um peptídeo principalmente metabolizado pela peptidase e não pelas enzimas do citocromo P450, conforme observado em estudos específicos, e que a substância é apenas cerca de 46% ligada às proteínas plasmáticas, não são esperadas interações medicamentosas.

A administração de Acetato de Leuprorrelina 3,75mg e 11,25mg em suspensão de depósito em mulheres resulta na supressão do sistema hipofisário-gonadal. A função normal geralmente é recuperada em até 03 meses após a descontinuação do tratamento. Portanto, os exames de diagnóstico da função hipofisária gonadotrófica e gonadal realizados durante o tratamento até 3 meses após a descontinuação do produto podem não ser conclusivos.

Características Farmacológicas

Farmacodinâmica

O Acetato de Leuprorrelina, um agonista do LH-RH, age como um potente inibidor da secreção de gonadotrofina quando administrado continuamente e em doses terapêuticas. Os estudos em animais e em humanos indicam que, seguindo-se a uma estimulação inicial, a administração crônica de Acetato de Leuprorrelina resulta em suspensão da esteroidogênese ovariana e testicular. Esse efeito é reversível com a descontinuação da terapêutica.

A administração de Acetato de Leuprorrelina resultou na inibição do crescimento de tumores hormônio-dependentes (tumores prostáticos em ratos machos das espécies Nobel e Dunning e tumores mamários DMBAinduzidos em ratas), bem como causou atrofia dos órgãos reprodutores.

Em humanos, a administração de Acetato de Leuprorrelina resulta num aumento inicial dos níveis circulantes do hormônio luteinizante (LH) e do hormônio folículo-estimulante (FSH), conduzindo a um transitório aumento dos níveis dos esteroides gonadais (testosterona e di-hidrotestosterona em homens; e estrona e estradiol em mulheres na pré-menopausa).

Contudo, a administração contínua do Acetato de Leuprorrelina, nas doses recomendadas, resulta em diminuição dos níveis de LH, FSH e esteroides sexuais. Em homens, a testosterona é reduzida aos níveis de castração ou pré-puberais. Em mulheres na pré-menopausa, os estrógenos são reduzidos aos níveis pós-menopausa. A redução dos níveis desses hormônios ocorre dentro de um mês após o início do tratamento com doses recomendadas.

Farmacocinética

O Acetato de Leuprorrelina não é ativo quando administrado por via oral. A biodisponibilidade quando administrado por via subcutânea é comparável a da administração intramuscular.

Distribuição

O volume médio de distribuição do Acetato de Leuprorrelina, no estado de equilíbrio, após administração intravenosa em bolus em voluntários sadios do sexo masculino foi de 27 litros. A ligação às proteínas plasmáticas humanas in vitro variou de 43% a 49%.

Metabolismo

Em voluntários sadios do sexo masculino, uma injeção de 1 mg de Acetato de Leuprorrelina por via intravenosa em bolus, revelou que a depuração sistêmica média foi de 7,6 L/h, com meia-vida de eliminação final de aproximadamente três horas, com base em um modelo de dois compartimentos. Estudos em animais mostraram que o AAcetato de Leuprorrelina marcado com C14 foi metabolizado em peptídeos menores inativos, um pentapeptídeo (Metabólito I), tripeptídeos (Metabólitos II e III) e um dipeptídeo (Metabólito IV). Esses fragmentos podem ser metabolizados posteriormente.

As concentrações plasmáticas do principal metabólito (M-I), avaliadas em cinco pacientes com câncer de próstata que receberam Acetato de Leuprorrelina em suspensão de depósito (Acetato de Leuprorrelina), atingiram a concentração máxima em duas a seis horas depois da administração e foram aproximadamente 6% da concentração de pico da substância-mãe. Uma semana depois da administração, as concentrações plasmáticas médias de M-I foram aproximadamente 20% das concentrações médias do Acetato de Leuprorrelina.

Eliminação

Após a administração de 3,75 mg do Acetato de Leuprorrelina em suspensão de depósito a três pacientes, menos de 5% da dose administrada foi recuperada sob a forma de substância-mãe e metabólito M-I na urina em 27 dias.

Populações especiais

A farmacocinética do Acetato de Leuprorrelina em pacientes com insuficiência renal ou hepática não foi determinada.

Descrição

O Acetato de Leuprorrelina 3,75 mg e 11,25, substância ativa do medicamento Acetato de Leuprorrelina 3,75 mg e 11,25, é um nonapeptídeo sintético análogo do hormônio liberador da gonadotrofina natural (GnRH ou LH-RH). Possui maior potência que o hormônio natural, atua como um inibidor da produção de gonadotrofina e é quimicamente distinto dos esteroides. Seu nome químico é acetato de 5-oxo-L-prolil-L-histidil-L-triptofanil-L-seril-Ltirosil-D-leucil-L-leucil-L-arginil-L-N-etil-L-prolinamida (sal). O Acetato de Leuprorrelina 3,75 mg e 11,25 é apresentado como microesferas liofilizadas estéreis que, quando misturadas com o diluente, tornam-se uma suspensão para uso intramuscular.

Absorção

Os níveis séricos médios obtidos ao final de 1 mês após a administração única de Acetato de Leuprorrelina 3,75 mg e 11,25 em pacientes com neoplasia prostática, na dose de 3,75mg, por via subcutânea ou intramuscular, foi de 0,7 ng/mL. Não houve indícios de acúmulo do fármaco no organismo. Níveis séricos de Acetato de Leuprorrelina 3,75mg foram mensurados em 11 pacientes com câncer de mama na pré-menopausa superior a 12 semanas, Os níveis medidos de Acetato de Leuprorrelina 3,75mg e 11,25mg foram acima de 0,1 ng/mL após 4 semanas e permanecendo estável após a re-injeção (em 8 e 12 semanas). Não houve tedência de acúmulo da droga.

Após uma administração de 7,5 mg de Acetato de Leuprorrelina 3,75mg e 11,25mg em pacientes adultos, o pico médio da concentração plasmática de Acetato de Leuprorrelina 3,75mg e 11,25mg foi de quase 20 ng/mL em quatro horas e diminuiu para 0,36 ng/mL em quatro semanas. No entanto, Acetato de Leuprorrelina 3,75mg e 11,25mg intacta e seu principal metabólito inativo não podem ser diferencados pelo teste utilizado no estudo. Concentrações plasmáticas não detactéveis de Acetato de Leuprorrelina 3,75mg e 11,25mg têm sido observadas durante a administração crônica de 7,5 mg de acetato de leuporrelina em depósito mas os níveis de testosterona parecem ter sido mantidos em níveis de castração.

Após uma administração única de Acetato de Leuprorrelina 11,25 mg em homens com câncer de próstata avançado, um rápido aumento da concentração de Acetato de Leuprorrelina 3,75mg e 11,25mg foi observado. Nível sérico máximo de 21,82 ± 11,24 ng/mL foi observado 3 horas após uma única injeção da apresentação de Acetato de Leuprorrelina 11,25 mg. A taxa de liberação do Acetato de Leuprorrelina 3,75 mg e 11,25 estabiliza-se dentro de 7 a 14 dias após a administração. Na 4ª semana, observa-se uma concentração plasmática média do Acetato de Leuprorrelina 3,75 mg e 11,25 decresce para 0,17 ± 0,08 ng/mL em 12 semanas. Após uma única aplicação de Acetato de Leuprorrelina 11,25 mg em mulheres saudáveis, uma concentração plasmática média de 36,3 ng/mL foi observada em 4 horas. Acetato de Leuprorrelina 3,75 mg e 11,25 pareceu ser liberada a uma taxa constante, mantendo uma concentração equilíbrio durante as três primeiras semanas. O nível médio declina gradualmente após a 3ª semana, chegando próximo ao limiar mínimo de detecção até a 12ª semana. A média (± desvio padrão) da concentração do Acetato de Leuprorrelina 3,75 mg e 11,25 da 3ª até a 12ª semana foi 0,23 ± 0,09 ng/mL.

No entanto, o Acetato de Leuprorrelina 3,75mg e 11,25mg e seu principal metabolito inativo não podem ser distinguidos com o ensaio que foi empregado neste estudo. A elevação inicial, seguido de rápido declínio para um nível de estado estacionário, foi semelhante ao padrão de liberação da formulação mensal.

Após uma administração única de Acetato de Leuprorrelina 11,25 mg em crianças com puberdade precoce central, a o nível sérico máximo foi de 19,1 ng/mL. As concentrações declinaram para 0,08 ng/mL na 2ª semana após administração. A concentração plasmática médica de Acetato de Leuprorrelina 3,75mg e 11,25mg permaneceu constante do 1º ao 3º mês. As concentrações médias de Acetato de Leuprorrelina 3,75mg e 11,25mg três meses após 1ª e 2ª administração foram similares indicando que não há acúmulo de Acetato de Leuprorrelina 3,75mg e 11,25mg após administrações repetidas.

Como Devo Armazenar O Lupron Depot?

Lupron Depot deve ser armazenado em temperatura ambiente (15-30ºC) e protegido da luz. Não congelar.

Manter o produto na embalagem até seu uso.

Se armazenado nas condições indicadas, este medicamento se manterá próprio para consumo pelo prazo de validade de 36 meses, a partir da data de fabricação impressa na embalagem externa.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Dizeres Legais Do Lupron Depot

MS n° 1.0553.0183.

Farm. Resp.:

Fábio Bussinger da Silva

CRF-RJ nº 9277

Fabricado por:

Takeda Pharmaceutical Company Limited

Osaka - Japão

Embalado por:

Abbott Laboratories S.A.

Madrid, Espanha

Importado por:

Abbott Laboratórios do Brasil Ltda.

Estrada dos Bandeirantes, 2400 – Rio de Janeiro, RJ

CNPJ: 56.998.701/0012-79

Indústria Brasileira

Venda sob prescrição médica.

Nº de lote, data de fabricação e validade: vide rótulo e cartucho.

Veja avaliações de quem já comprou